Informativo Notícias

A região precisa de mais chuvas pra socorrer Itabuna‏

HykWR44i

As chuvas que estão chegando em nossa região desde o último dia 04/01, são muito importantes, elas tem contribuído significativamente, pois muita gente está aparando água nas bicas de suas casas, e assim usam pra jogar no vaso do banheiro, pra tomar banhos, e pra outras necessidades, inclusive tem gente que tem filtros em casa e está purificando a água para beber, pois a mesma não é salobra, não passou pelo manancial de Castelo Novo, que está socorrendo Itabuna, vez que o Rio Almada está seco lá na Estação de Captação em Rio do Braço, moradores de diversos bairros disseram que estão fervendo a água que aparam da chuva, e depois de esfriar naturalmente colocam na geladeira, e assim estão evitando comprar água mineral, que teve seu preço acrescentado demais pelos fornecedores.

A Emasa, está fazendo com seus técnicos o acompanhamento dos rios que abastecem nossa cidade, pra ver como está o comportamento da vazão desses rios, devido as chuvas que aos poucos estão chegando, o resultado é que no Rio Almada, lá na Captação de Rio do Braço, chegou uma pequena quantidade de água, mas que já é importante para o poço não secar totalmente como havia ocorrido, e as bóias seriam transferidas pra um outro local a quatrocentos metros daquele local.

Já referente ao Rio Cachoeira que tem importante participação no abastecimento, contribuindo com 250, litros por segundo, até o momento ainda não chegou nova, além das gotas da chuva.

Segundo o técnico da Emasa, Moisés Rosa de Jesus, é preciso que continue chovendo forte lá nas regiões de Jussarí, Itajú do Colônia, Ibicaraí e Itapé, pra que os Rios Salgado e Colônia, que deságuam no Rio Cachoeira, fiquem cheios e transbordem, pois devido a estiagem prolongada desde o final de agosto do ano passado, até janeiro deste ano, os poços estão secos, e as chuvas que caíram até agora deram somente para molhar a terra, esta foto tirada hoje, quinta feira, 07/01/2016, mostram as atuais condições do nosso Rio Cachoeira.

Um outro fator que está tirando a paz de toda Diretoria da Emasa e dos funcionários, é a interrupção no fornecimento de energia elétrica, por parte da Coelba, as diversas paralisações que tem ocorrido lá na captação em Castelo Novo, Rio do Braço e Mutuns, estão impedindo que a empresa possa cumprir o seu já difícil cronograma de abastecimento.

Se por um lado a escassez de água, obriga a realização de manobras em todos os bairros, pra dividir a pouca água que existe no momento, as constantes interrupções de fornecimento de energia, chagaram também na Estação de Tratamento, no bairro São Lourenço, o que está contribuindo para atrasos no abastecimento de água potável pra comunidade itabunense.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: