Informativo Notícias

Emasa retoma abastecimento após recuperar rede de água

Emasa amplia investimentos em Castelo Novo - Foto Ascom - Emasa

O abastecimento de água nos bairros Novo Horizonte, Castália, Pontalzinho, Alto Maron, Alto Mirante, parte do bairro Santo Antônio e loteamentos São João e Tupinambá, foi retomado na noite de quinta-feira, dia 11, depois de a Emasa ter recuperado uma adutora de 300 milímetros que se rompeu no bairro Monte Libano, causando sérios danos ao fornecimento de água nesta parte da cidade.   Isto agravou a situação da população que já sofria os efeitos da prolongada seca.

Pra resolver a situação, a Emasa precisou fazer um desvio de rede de 150 metros para superar os problemas causados por construções irregulares ao longo dos anos sobre a adutora no Monte Líbano. Embora o rompimento tenha sido causado há 25 dias, a demora foi justificada pela empresa em decorrência da necessidade de aquisição dos tubos fora da cidade, já que não havia estoque suficiente nas empresas de construção de Itabuna para venda e entrega imediata do material.

Desde o rompimento da adutora que a Emasa mobilizou equipes para avaliar a extensão dos danos, inclusive para a locação e construção do desvio da rede para evitar futuros danos. Como os serviços foram concluídos no final da tarde de quinta feira, o abastecimento foi reiniciado nos bairros Santo Antônio, Castália, Pontalzinho, Alto Maron e Alto Mirante. Neste final de semana também serão abastecidos o Monte Líbano e Novo Horizonte e os loteamento São João e Tupinambá.

MANANCIAIS

Com a volta das chuvas ao litoral sul da Bahia a Emasa ativou as no Rio do Braço e Castelo Novo, no Rio Emasa reparou adutora que se rompeu no Monte Líbano prejudicando abastecimento - Foto Ascom - EmasaAlmada, que estão fornecendo água com teores de cloretos (salinidade) mais baixos à população de Itabuna. Apesar da melhoria do volume de água nos mananciais, a empresa mantém o alerta de que a água ainda não está liberada para consumo humano, pois ainda depende de análises do Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde.

Como uma das ações prioritárias para reduzir o intervalo no abastecimento aos moradores de Itabuna, que enfrentam uma das mais graves crises hídricas da história do sul da Bahia, a Emasa ampliou de 300 para 550 litros de água por segundo a captação na estação de Castelo Novo, distrito de Ilhéus. A empresa investiu cerca de R$ 200 mil em obras e aquisição de equipamentos para ampliar a captação, tratamento e distribuição de água.

De acordo com o presidente da Emasa, Ricardo Campos, a nova estrutura começa a ser testada na próxima semana e entra em funcionamento, definitivamente, a partir da semana seguinte. Para reforçar o sistema de captação e distribuição foi instalado um conjunto hidráulico composto por tubos e conexões (barrilete) para a distribuição de água, dois motores-bombas auxiliares de 300 CV cada e um moto-bomba de 175 CV.

A Emasa agradece a compreensão dos clientes e usuários dos seus serviços e faz um apelo para que as contas de consumo sejam pagas em dia, inclusive as que eventualmente estejam em atraso, pois, é com os recursos provenientes do pagamento das tarifas que a empresa custeia suas necessidades, incluindo a manutenção das redes de abastecimento de água e de coleta e transporte de esgoto sanitário, salários de seu pessoal e encargos sociais, dentre outras.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: